terça-feira, 2 de agosto de 2016

Bolsistas do MHN participam do 23º Congresso Nacional de Ornitologia


Evento acontece em Goiás e conta com apresentação de artigos dos estudantes
Graziela França- estudante de Jornalismo
Professor Renato Gaban-Lima, do LSEA, orientador dos bolsistas
Estudantes de Iniciação Científica do Laboratório de Morfologia, Sistemática e Ecologia de Aves (LSEA), vinculado ao Museu de História Natural (MHN) e ao Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde (ICBS/ Ufal), participam do 23º Congresso Brasileiro de Ornitologia, que é realizado até a próxima quinta-feira (4), em Pirenópolis, Goiás. Essa edição do evento discute o papel das aves como grupo indicador em estudos de monitoramento ambiental, especialmente em avaliações de impactos sobre a biodiversidade. Os temas serão discutidos em palestras, mesas-redondas, seminários, apresentações orais e pôsteres.
Os estudantes Williams Oliveira da Silva e Priscilla Monteiro de Oliveira, do 8º período de Ciências Biológicas, participam do evento que reúne pesquisadores que atuam em diferentes áreas da ornitologia. Para os estudantes, é uma oportunidade de adquirir conhecimento, trocar experiências, conhecer projetos com temáticas variadas, se atualizarem em relação aos avanços da ciência, além de divulgar e debater a produção científica do LSEA.
Os trabalhos apresentados foram planejados e desenvolvidos para somar aos projetos do laboratório, que é coordenado pelo professor Renato Gaban-Lima. Esses estudos fazem parte de dois amplos projetos de pesquisa desenvolvidos pela equipe do laboratório: o Inventário e Catalogação das Aves de Alagoas: estabelecendo parâmetros regionais para análises de bioindicação; Anatomia e histologia comparada de siringes. Já o trabalho sobre as aves do Havaí, foi desenvolvido por Priscilla Monteiro no período em que participou do programa Ciência sem Fronteiras.
Os estudos sobre as aves da APA e do Parque Municipal foram realizados com colaboração de outros estudantes do LSEA e orientação do professor Gaban-Lima. “O incentivo do professor Renato foi essencial para a concepção, execução e conclusão das atividades de pesquisa, auxiliando de diversas maneiras, nos acompanhando no campo, orientando quanto aos métodos, análises e avaliações biológicas desde os resultados até a confecção dos resumos e banners para o congresso, sempre com muita dedicação e paciência”, enfatiza Williams Oliveira.


Nenhum comentário:

Postar um comentário