sábado, 6 de julho de 2013

Palácio Floriano Peixoto recebe exposição do Museu de História Natural

Por Pedro Barros – Estudante de jornalismo

Cartaz da exposição na fachada do Museu Palácio Floriano Peixoto. Foto: Jorge Luiz Lopes da Silva
  
Este mês, um dos mais importantes guardiões da memória artística, política e social de Alagoas resolveu abrir espaço para uma outra faceta de nossa história: aquilo que os antigos cientistas chamavam de “história natural”. Nos dias 9 de julho a 16 de agosto, estará aberta no Museu Palácio Floriano Peixoto (Mupa) a exposição “Museu de História Natural – Mostrando a biodiversidade de Alagoas”, com peças representantes da riqueza biológica e geológica do Estado. O evento é resultado de uma parceria com o Museu de História Natural da Universidade Federal de Alagoas (MHN/Ufal).

A exposição é bem diversificada, com plantas, animais empalhados, insetos, fósseis, rochas e minerais. "As peças foram selecionadas tendo em vista a disponibilidade de cada setor montar uma exposição de qualidade, que permitisse uma boa disseminação do conhecimento sobre a fauna e flora de Alagoas", afirma o taxidermista o Bruno Collaço. 

Conforme o diretor do Mupa, José Márcio Vieira Passos, as exposições de curta duração têm como objetivo valorizar o patrimônio alagoano, seja ele material ou cultural, e incluir um atrativo a mais para o museu. "O objetivo principal é mostrar ao povo alagoano o que a gente tem. Se tivermos de escolher entre duas opções, preferimos o que tiver o tema alagoano", diz o diretor. 

Passos conta que o tipo de acervo do MHN é inédito no local. "O Palácio nunca teve uma exposição voltada para essa temática, que muitas vezes os estudantes só veem em livros, revistas, filmes...", comenta. Segundo o funcionário Michael Vanderson, que faz atendimento ao público, o assunto mexe com a imaginação de muitos dos visitantes que guia. "Quando faço um feedback com os estudantes, durante as visitações, pergunto o que eles pensam sobre museus. Além de arte - pintura, escultura -, eles sempre falam 'fósseis', múmias, animais empalhados...", conta.

Palestras
Nas noites de quarta-feira da temporada, a partir das 19h30, haverá palestras voltadas para estudantes universitários. As apresentações abordarão temas específicos de cada setor do museu e, segundo a organização, serão divulgadas em breve. "As apresentações visam divulgar conhecimento científico principalmente entre acadêmicos. Mas também servirão para aprofundamento do conhecimento da comunidade e divulgação das atividades de pesquisa do Museu", explica Collaço.

Museu Palácio
A construção do Palácio do Governo, iniciada em 1893, foi concluída em 1902, sendo sua atual estrutura arquitetônica elaborada pelo italiano Luiz Lucariny. Tombado pelo Patrimônio Estadual no ano 2000, o "Museu Histórico de Alagoas" foi inaugurado em 2006 como um lugar de visitação e solenidades oficiais.
A exposição permanente do Mupa fica no primeiro andar. Os salões mostram mobília e objetos do século XIX e início do século XX, além de quadros de pintores alagoanos e dois memoriais dedicados ao filólogo Aurélio Buarque de Holanda e ao escritor Lêdo Ivo.

Visita
Horários (obs.: segunda fechado para visitação):
  • terça, quinta e sexta-feira: das 8h às 17h;
  • quarta: das 8h às 21h;
  • sábados, domingos e feriados: das 13h às 17h.
Endereço: Praça Marechal Floriano Peixoto, 517, Centro, Maceió/AL
Telefone: (82) 3315-7874

Mais informações:

Nenhum comentário:

Postar um comentário